Revoada Cia D' Arte

SITE QuengaQuengaQuenga.blogspot.com // PROJETO bit.do/quenga

Teatro

REVOADA CIA D' ARTE X PALCOS URBANOS
A Revoada Cia D' Arte é uma companhia teatral nascida no Rio de Janeiro, um movimento artístico autoral de fusão do Teatro, da Música, da Dança e das Artes Plásticas. Nosso projeto Palcos Urbanos explora espaços públicos da cidade como espaços cênicos não convencionais. Colocamos, assim, a Arte num lugar de intervenção, sublinhando sua missão de integração cultural e social. Nosso objetivo é contribuir para democratizar o acesso à arte e à cultura e dar uma nova vida às cidades.

QUENGA! QUENGA! QUENGA!
Dentro do projeto Palcos Urbanos, a Revoada Cia D' Arte apresenta "Quenga! Quenga! Quenga!", uma peça teatral inédita, de autoria do jovem dramaturgo Segundo Torres, com trilha musical tocada e cantada ao vivo por Laura Finocchiaro. Uma comédia ambientada na Bahia do final do século XIX, com todos os tipos mais encantadores do imaginário nordestino, num espetáculo que funde Teatro e Música.

A beleza poética e o tom popular do texto, aliados à universalidade da mensagem e à construção dinâmica das cenas, conectam o público com o universo nordestino - o que é oportuno num momento de fortes posicionamentos políticos e questionamentos sobre o papel desta região no cenário econômico e social do Brasil.

Qual é o prêmio da vingança? Existe pecado? Quem nunca se sentiu um pouco "boi na canga" diante da injustiça e da maldade, da opressão dos poderosos, dos jogos religiosos, da trama política e da morte dos sonhos infantis? Esta história é uma lição de esperança na força da vida e do amor.

Nossa história tem temática profundamente brasileira, mas contém uma mensagem que é absolutamente universal. Uma comédia analógica que conta a história de uma pessoa – a Quenga - no meio do caminho entre o “Brega” e a Igreja, o pecado e o milagre, em busca de algo que não se vê, que não se pode tocar, em busca de algo mais. É a história da Quenga, mas é a história de todo ser humano, buscando seu lugar entre o bem e o mal, lutando pelos sonhos entre a vida e a morte, a tristeza e a alegria.

A HISTÓRIA QUE VAMOS CONTAR...
"Quenga! Quenga! Quenga! - Santa. Assassina. Barbuleta."
Feira de Santana, Bahia, final do século XIX. Diz a lenda que a chuva no sertão só cai quando Sant’Ana chora. E, de lá do céu, ela e São Domingos vão se emocionar ao assistir à intrincada história que une as vidas de um Cangaceiro vingador, um Padre pecador, um Anjo folião e uma Diaba enamorada à vida de uma Quenga que, por querer ser santa, deve fazer o milagre de chover no sertão. Se alguma força nesse mundo fosse capaz de produzir milagres, certamente seria o amor. Mas como?

ARTISTAS
Texto: Segundo Torres
Elenco: Carolina Floare | Segundo Torres | Diogo Savala Picchi | Bianca Fonseca | Gustavo Guimarães
Direção Musical e Execução ao Vivo: Laura Finocchiaro
Direção de Arte: Rosa Ebee
Realização: Revoada Cia D' Arte

revoada@carolinafloare.com