Sósia de Chaplin Pasttella

A magia e o encanto do eterno Carlitos em comemoração ao seu CENTENÁRIO(1914-2014), criação de sir Charles Spencer Chaplin, que contribuiu para a História da Sétima Maravilha do Mundo, "O CINEMA", criação dos irmãos Lumière, baseado no mecanismo de uma máquina de costura, e seus precursores proporcionaram o entretenimento no escurinho do cinema, drama, aventura, suspense, épico, e o burburinho do projetor, protagonistas de eternas emoções. O ator Paulo Pasttella protagonista de Carlitos, há muitos anos, sendo considerado pela mídia e por diversas plateias por onde se apresenta a "Alma Gêmea" de Chaplin. Suas apresentações protagonizam o lirismo, o patético, o nonsense, a linguagem da trilha sonora através de cd\ acompanhamento musical(orquestra experimental\ ou outra) encenam o encanto e a magia não importando o ambiente fechado\ em meio ao ar livre o interagir com a plateia protagonistas do filme intitulado "Evento de Eternas Emoções", merecedores de um Oscar. www.carlitosbrazuca.com.br 55(11)9 7499-7866 - 55(11)5068-0962 http:\\www.facebook.com\paulo.pasttella http:\\www.youtu.be.com\carlitos

Arte Digital - Cinema - Circo - Cultura Popular - Estátua Viva - Fotografia - Le Parkour - Mágica - Música - Palhaço - Realejo - Sarau - Teatro - Video

A protagonização circense do Palhaço Pasttellão, cujo seu nome remete a comédia pastelão, comedy caypers, tortas na cara, onde apresentava em festas infantis e shows musicais cantores mirins, cantando ao vivo repertório sertanejo, e atuais músicas. Mas seu grande ideal era manter viva a imagem do gentleman vagabundo carlitos. A partir deste personagem outros foram surgindo no trabalho de criação do ator, que montou um monólogo chaplinesco "Pasttellsoul". Nesta peça o ator vai descaracterizando Carlitos e criando novos personagens, como: "Travolta", "Bady Boy", "O Faquir", "Drag" e finalmente "GUYU", inspirado no Negrinho do Pastoreio. Através da ARTE DO IMPROVISO, o ator tem liberdade de criar roteiros diferenciados para cada tipo de evento.

"Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela possa extrair a imaginação." Charles Chaplin.
"Coloque um riso na face da tristeza, pra que ela, não se sinta, tão triste." Sósia de Chaplin Pasttella.
Todos nós desejamos ajudar uns aos outros. Os seres humanos são assim. Desejamos viver para a felicidade do próximo - não para o seu infortúnio. Por que temos que odiar e desprezar uns aos outros, neste mundo há espaço para todos. A terra, que é boa e rica, pode prover a todas as nossas necessidades. ... Não sois máquinas, Homens é que sois! E com o amor a humanidade em vossa alma! Não odieis! Só odeiam os que não se fazem amar e os desumanos. ... Hannah, estás me ouvindo! Onde te encontres, levanta os olhos! ... A alma do homem ganhou asas e afinal começa a voar. Voa para o arco-íris, para a luz da esperança. Ergue os olhos, Hannah! Ergue os olhos! ( Trechos do Discurso proferido no final do filme O Grande Ditador) The Great Dictator(1940)
*Chaplin ao citar o nome Hannah refere-se a sua mãe.*
" Na verdade, a personagem Carlitos - essa figura que não sou eu, mas que se assemelha comigo como a um irmão- é para mim uma terrível responsabilidade." Charles Chaplin.
Quem ama a vida, vai ao cinema. Uma imagem vale mais do que infinitas palavras.
Federico Fellini - cineasta italiano " Nascido pobre, Carlitos deu presentes a todos os meninos do mundo."
"A persistência é o caminho do exito." Charles Chaplin.

A vida imita a Arte ou a Arte imita a Vida - Um filme com "um riso e uma lágrima" O SER ATOR: "TO BE OR NOT TO BE" (Hamelet, Sheakspear).

O essencial para um grande ator "é ele ter amor por si mesmo quando representa" Pode ser isso uma manifestação de egocentrismo, mas o grande ator se preocupa principalmente com a sua própria virtuosidade. Não basta um ardente amor ao teatro: deve haver também um amor por si mesmo e uma grande autoconfiança.
Eu ator, produtor e roteirista, Paulo Pasttella, sou fã ardoroso do ícone adormecido no sono dos imortais Chaplin e sua obra-prima Carlitos, desde os meus 3 anos de idade, o qual conheci através de minha mãe que assistia ao filme "O Garoto" dando hilárias risadas e soluços ao ver o franzino homem se metendo em várias situações cômicas e tristes, identificando-me de corpo e alma com o personagem e meu sonho, em preto e branco de faz-de-conta, de me transformar no próprio Carlitos e imitar seus passos de pinguim e cair ao chão ao perder o equilíbrio. Os anos se passaram e o sonho se tornou realidade. Ao protagonizar Carlitos em vários eventos sociais, corporativos, comerciais, divulgações de produtos, palestras, filmes institucionais e publicitários, entre outros eventos.
Sociais: Casamentos (Cerimonial da Noiva Igreja e Salão de Festas: Recepção e a Valsa dos Noivos), Bodas, Batizados, Bat Mitzah,
A campanha publicitária dos Tempos Modernos Bamerindus-Mais Tempo pra você (veiculação nacional ações em inaugurações de agências do sistema SINAL VERDE e comerciais produzidos pela produtora em todo o Brasil, veiculados em horário nobre em todos os canais de Tv., bem como durante a exibição da novela "O Dono do Mundo" com Antonio Fagundes e Nathalia Thimberg pela rede Globo de Televisão.
A reinauguração dos estúdios da Nova Vera-Cruz- São Bernardo do Campo - Sp, Inauguração das salas de cinema da Rede Centerplex de Cinemas de Poços de Caldas-Mg, no Shooping Minas Sul, Inauguração do Liberty Mall Shopping Dez Estrelas, Brasília-Df, Divulgação de "Chaplin-O Filme", autobiográfico, sua vida, sua obra... suas paixões. Ele Fez o Mundo Inteiro Rir, Sem Dizer Uma Só Palavra. Mario Kassar (Instinto Selvagem) Apresenta um filme de Richard Attenborough (Gandhi), com Robert Downey,Jr. e Geraldine Chaplin. Protagonização de Carlitos nas salas de cinema de São Paulo e de Poços de Caldas-Mg., pela Look Filmes,(1992), Abertura da Ilha de Caras, 2000- Angra dos Reis- Rj., com a presença dos globais Juarez Machado, Luciana Guimenez, Beth Goffman, entre outros, Viradas Culturais - Secretaria Municipal de Cultura-PMSP, .
Teatro Empresa: Pensando na necessidade de introduzir o humor no ambiente de trabalho, as performances da Pasttella Produções, estimulam mudanças em todos os setores, quebrando o cotidiano da empresa. Através do riso, os espetáculos diminuem as tensões, contribuindo para a redução do estresse. O próprio dia-a-dia dos funcionários é usado como roteiro para a apresentação teatral, fazendo a platéia a interagir no desenrolar da peça. A rotina também pode ser enfocada através de alusões ao filme "Tempos Modernos"(Modern Times,1936), distorcendo a robotização e permitindo novos caminhos para a "*QUALIDADE TOTAL*", com a protagonização nas empresas: Laboratórios ROCHE (São Paulo e Rio de Janeiro) projeto " FAMA" Faça Melhor Ainda, incentivando os funcionários na criação de idéias, inovações, melhorias em suas funções nas realizações de suas funções nos setores da empresa. Sendo compensados com prêmios e melhorias de cargos na empresa.
ENGESET TELECOMUNICAÇÕES-Uberlândia - Mg, projeto "*CONVINSET*", com a participação de todos funcionários de São Paulo e Minas, de todos os setores empresariais.
Vários projetos chaplinescos em comemoração aos aniversários de nascimento de Chaplin e de Carlitos seu Centenário, bem como a protagonização de "Duas Missas Chaplinescas" roteirizadas e protagonizadas pelo ator Paulo Pasttella, com a participação de dois covers dos Papas João Paulo II e de Bento XVI , em suas entradas e depois na entrada do padre celebrante, acompanhados pelo órgão e coral, sensibilizando os fiéis presentes na Missa da Catedral Metropolitana da Sé. Uma sincera homenagem de um fã ardoroso ao seu mestre com muito carinho e apreço.
Paixão pelo ídolo desde criança, a mesma altura de Chaplin, 1,60cm. mestre na arte de protagonizar Carlitos, revendo e pesquisando os filmes buscando a personificação, observando com minucias as fotografias, as cenas dos filmes, e a criação de figurinos iguais dos filmes pesquisados.
A criação do programa "TV CARLITOS-UM RISO E UMA LÁGRIMA", durante cinco anos apresentados na rede de emissoras Tv Orkut, hoje rede de emissoras independentes TVFaceBook, do comunicador "Ispicize" Petrucio Melo. Composto de music-hall, variedades culturais, filmes, curiosidades, participação de convidados especiais durante os programas semanais.
As protagonizações são elaboradas no improviso, enaltecendo algumas cenas dos filmes, quer seja em ambientes abertos ou fechados, com a utilização dos filmes em dvd ou com protagonizações em 16´mm. como a comemoração dos aniversários dos 118 anos de Chaplin no Sesc Ipiranga e também na comemoração dos 120 anos de Chaplin em Piracicaba acompanhamento de piano, alusões aos filmes mudos de Chaplin em que ele sonorizava as cenas de seus filmes.
Projetos de Carnaval: A encenação na avenida do samba, a História do Cinema e de Chaplin com sete carros alegóricos, protagonizando o ínicio, o meio e o fim deste ícone Chaplin, em ambas avenidas do Sambodromo(SP) e de Sapucaí(RJ), "Poeira de Estrelas Carlitos nas Avenidas do Samba". A espera de "MECENAS". "Pasttellsoul" a espera de patrocínio.
Avenida Paulista Versão Paulistana de Charles Chaplin, 11h40. O ator Paulo Pasttella chega empurrando um carrinho onde transporta acessórios que o ajudam a compor seu personagem. O papel está decorado faz tempo. Há 25 anos ele encarna Carlitos, o simpático vagabundo criado por Charles Chaplin. A performance vai acontecer em frente ao Masp. Usando material encontrado numa obra ao lado do espaço cultural, em poucos minutos, o ator monta um camarim ao ar livre. Há alguns metros outro artista em plena função observa a cena comovido. Das Cores, como é conhecido Faisal Mário Danure, atuando de Salvador Dali, deixa escapar; "Em São Paulo, contam-se nos dedos os artistas persistentes como nós". Enquanto isso no camarim improvisado no meio da rua, o espetáculo já começou. Olhares curiosos se voltam para a figura em mutação. Pasttella dá os últimos retoques na maquiagem com o auxílio de um espelho emprestado. Ao alcance das mãos ele tem um bigode postiço, chave de boca e um par de botas tamanho 43. Tudo pronto. Começa o segundo ato. Em cena o operário de "Tempos Modernos" (1936) sobe uma estrutura metálica e aperta parafusos imaginários. Ninguém disfarça mais. Todo mundo olha. Muitos confundem criador com criatura. "É Charles chaplin", acredita o representante comercial Francisco Carvalho, de 26 anos.
Outra passada rápida no camarim e nova transformação. Desta vez, o vagabundo de"O Garoto"(1921) ressurge com o traje inesquecível - bengala, casaca, chapéu coco. Agora a platéia dirige, caminha ou estica o pescoço através das janelas dos veículos apreciando a atuação. Nenhum aplauso. Não é fácil quebrar o gelo do paulistano em busca do o cronometrado. Não importa. Durante meia hora os apressadinhos da Paulista conheceram um pouco do trabalho sósia de chaplin Pasttella.
Matéria jornal Metrô News SUL - Sp.16-06-1998. geral.
Com performances perfeitas, o ator Paulo Pasttella encarna há 25 anos uma das figuras mais famosas do cinema.
Carla Salignac.
Conheça nosso casting artístico para entretenimento de seus eventos.

Contato
http://www.carlitosbrazuca.com.br11-5068-096211- 9 7499-7866\974997849www.carlitoscover2GMAIL.COM