Avanço! - Paredes do batalhão do Choque vão receber arte de rua

26/10, 09:42 h- Será que agora vai haver uma maior conscientização das autoridades sobre "Arte de Rua" na cidade de São Paulo?
Manifestações artísticas vão tomar conta de paredes do batalhão do Choque da PM (Polícia Militar) de São Paulo nos dias 12 e 13 de novembro. A ação faz parte de um festival de grafite organizado pelos artistas Pagu e Andrea Franco.Pagu, que é produtor do evento, diz que a proposta de fazer a intervenção foi feita pelos artistas à polícia: “O Choque, obviamente, é uma das polícias especiais preparadas para situações extremas. Diante desse cenário inóspito e contraditório, a gente propôs fazer a intervenção”.Serão 15 artistas no evento, que será aberto para o público. O artista diz que as artes serão feitas em, pelo menos, três batalhões. “A gente achou que seria interessante [promover a ação] porque a street arte está na rua. Portanto, é onde tudo acontece. E o Choque está sempre na rua por causa das manifestações”.De acordo com o produtor, os artistas acreditam que é interessante propor o que chama de “diálogo” junto ao Choque. Segundo ele, a receptividade “foi surpreendente”. Porém, ele diz que, mesmo assim, existe “um choque cultural”.— A gente entende que está abrindo um diálogo [com a polícia]. Ao mesmo tempo, a gente está mudando um ambiente que é de mais tensão.A intenção do projeto é mostrar que o grafite é uma arte em ascensão. “A gente percebe que tem uma quebra de paradigma. [O evento] está sendo super bem aceito. Fico muito feliz que a gente está conseguindo uma nova visão”.Pagu, que já foi detido sete vezes por conta de sua arte nas ruas, diz que a polícia e os artistas de rua sempre foram colocados em “lados opostos” e que a ação está fazendo com que ele tenha contato com os policiais de uma forma diferente. “Estou vendo nos olhos deles o fato de eles estarem gostando do que está acontecendo”.O

Major Ambar explicou ao R7 que o projeto foi pensado em conjunto entre os artistas e a PM e que as intervenções serão feitas em algumas unidades do Choque na região central. Segundo ele, o objetivo da corporação é entender e apreciar todas as formas de arte. Além disso, a expectativa do evento é aproximar as duas profissões.

Lados opostosEm 2011, um grafite foi apagado das paredes do Metrô, em Santo Amaro, zona sul de São Paulo. Na arte, um policial em forma de coxinha corria atrás de pessoas com um cassetete. Na época, os artistas que fizeram o grafite disseram que não teve nenhum diálogo e que a arte foi apagada sem consulta.ServiçoDias: 12 e 13 de novembroHorário: 9h às 18hLocal: Complexo de Batalhões do Choque, Luz, São PauloAcesso pelo Metrô Tiradentes
26/10 Avanço! - Paredes do batalhão do Choque vão receber arte de rua
25/10 Exposição em São Bernardo - Ocupação Urbana
24/10 Arte Urbana na Zona Leste!
24/10 O Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro inaugurou no dia 15 de outubro, a exposição “Dentro | Fora: Arte e Grafite no MAM Rio”,
24/10 Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção
24/10 Projeto "Cadeiras Vazias"
19/09 FESTIVAL DE ARTES DE RUA
26/05 Pesquisa - Como vivem os artistas de rua
19/03 FESTIVAL DE TEATRO ACONTECE EM PARQUES MUNICIPAIS
06/02 Existe Arte de Rua em SP
03/02 Aprovação definitiva do PL 489/2011,
01/02 Maratona das Artes - Carta de Agradecimento
27/01 Denúncia de violência e furto!
25/01 ATENÇÃO ARTEIROS - IMPORTANTE
25/01 TopCenter apoia a iniciativa da Maratona das Artes
24/01 Maratona das Artes recebe apoio oficial da SPTuris
20/01 Maratona das Artes
18/01 Vem aí: Maratona das Artes!
16/01 VAI Lança Edital 2013 - São Paulo
09/01 Se existe Arte e Cultura em São Paulo, existe Amor!
17/12 Convite: assembleia de fundação da Associação Artistas na Rua
14/12 Maratona Cultural: Orquestra na Rua
21/11 Vídeo Guerrilha – Artivistas te convidam a debater e mudar a Rua Augusta!
17/10 Festival Internacional de Músicos de Metrô acontece em São Paulo
25/09 Novo espaço para os artistas de rua
04/09 Está no ar o site "Artistas na Rua"!