Importância da arte para a cidade

São Paulo possui mais de 11 milhões de habitantes e é a maior cidade da América Latina. O município, que é considerado o maior centro financeiro do país, recebeu no último ano 12,1 milhões de visitantes, sendo que 67% dos turistas vieram a negócios.

Na área cultural e de lazer, a metrópole conta com 280 salas de cinemas, 160 teatros, 110 museus e 39 centros culturais. Entretanto, a maioria dessas opções atende às pessoas de maior poder aquisitivo, pois grande parte da população menos favorecida mora longe da principal área cultural, o centro da cidade, e muitas vezes não possuem acesso a informações sobre os eventos culturais da capital.  

Além de possuir toda essa infraestrutura cultural, a cidade também conta com diversos centros culturais que não se concentram exclusivamente na região central, pois há vários deles na periferia, dando para a população inúmeras opções culturais gratuitas na cidade. Entretanto, a população menos favorecida da cidade não se apropria desses espaços culturais. Por isso, o artista de rua é de tal maneira importante para a cidade e as pessoas, pois "abre as portas” para este “novo universo”. Isso deixa ainda mais evidente a importância do artista de rua.

Todavia, é possível todos os dias se deparar com inúmeras formas de arte pelas ruas da cidade sem precisar gastar dinheiro nem se locomover do local de trabalho ou que se costuma passar: são grafites, stencils, apresentações com o circo, teatro de rua, malabaristas em faróis, artesanato, músicos de diversos ritmos, concertos de rua, estátuas vivas, performances e manifestações folclóricas.  

Esses artistas, denominados artistas de rua, têm em comum o desejo e objetivo de levar arte às pessoas que estão em seu cotidiano, apressadas, com seus projetos e trabalhos. Parar na rua para assistir uma performance artística faz com que o dia fique mais bonito e a pessoa mais serena.

A cidade, que como qualquer grande metrópole, possui tantos problemas como o trânsito caótico, enchentes, poluição do ar e sonora, quando recebe uma manifestação em um espaço público, perde um pouco sua cor cinza e abstrata, e ganha tons vívidos e coloridos que faz quem passa por ela, se emocionar.

Estas manifestações artísticas desenvolvidas em espaços públicos são chamadas de Arte Urbana ou Street Art. É preciso manter este tipo de arte para os cidadãos paulistanos.